O boom do influenciador digital sem conteúdo relevante já passou. Mas os sobreviventes serão dizimados até 2020

Com o advento e ascensão das redes sociais, o surgimento dos influencers foi, sem dúvida, uma das revoluções mais interessantes deste cenário. Digo interessante porque atende aos anseios das pessoas, que buscam oportunidades e espaços para falar sobre o que lhes agrada, prejudica, instiga, dá medo, apaixona. 

O nível de proximidade de um influenciador digital com seu público é impressionante. Por conta disso, claro, as marcas logo trataram de pegar carona nesta nova mídia, pois estar aliado a um bom perfil significa estar conectado aos seus seguidores. 

Hoje, estimativas apontam que existe no mundo mais de 6 milhões de influenciadores digitais de todos os tamanho: micro, macro, mega, top e celebridades. E dentro deste universo existe uma parcela significativa que ainda  não entendeu o que é ser um verdadeiro influencer digital.

Esta parcela gigante é alimentada e prolifera a cada dia, movida, principalmente,  pela possibilidade de ganhar presentes e postar os tão famosos e desejados “recebidos”.  

Porém, esse modus operandi acarretou também consequências negativas tanto para o influenciador como para a marca: evidenciou um amadorismo na apresentação dos produtos e serviços fora do controle. É claro que gostamos de ter dicas de produtos e marcas, mas acompanhar um perfil que, no início era relevante por oferecer e compartilhar assuntos interessantes, e agora não passa de algo parecido como uma página de classificados, fica difícil, não é mesmo?

Este universo que opera com as marcas enviando seus produtos e pseudo-influenciadores recebendo e postando recebidos, tem contribuído, enormemente, para o declínio do segmento. 

Sim. Ainda tem gente produzindo conteúdo relevante, mas posso afirmar, como especialista no assunto, que a dificuldade em apontar perfis, principalmente, de micro-influenciadores, com relevância e engajamento verdadeiro, está cada vez mais desafiador. 

Sabemos que fazer produção de conteúdo não é nada fácil. Sem  dedicação e aprofundamento e tempo para conversar com os seguidores é impossível se consolidar no concorrido ecossistema dos web influencers.

Trajetória dos influenciadores digitais

Vale relembrar como surgiram os “recebidos”: influenciadores consagrados, com seus canais estabelecidos e grande engajamento, começaram a receber press-kits e presentes unicamente com o propósito de conhecerem novas marcas e produtos e, se gostassem, poderiam, quem sabe, depois de testarem, darem suas opiniões. Muito diferente do que tem sido feito hoje. 

Hoje temos influenciadores especialistas em mostrar produtos sem saberem para que serve. Qual a relevância disso?

A grande verdade é que, para boa parte dos autointitulados digital influencers mostrar produtos significa dizer aos seguidores: vejam como sou famoso… tal marca está confiando em mim para a divulgação!

Vamos lá, isso não é verdade! As marcas enviam produtos para que os influenciadores testem, usem e, principalmente, façam conteúdo. Uma dica que sempre dou nos treinamentos é: se receber um vinho, por exemplo, faça uma harmonização.  Prepare algo gostoso e veja como incluir em algum contexto original o vinho que recebeu. Faça pesquisas, entreviste um especialista no assunto, prepare uma mesa bonita e faça uma boa imagem com um conteúdo exclusivo e criativo. Dê informações precisas sobre o produto recebido: qual a origem, uva, safra, preço, onde comprar? Esta é a grande diferença entre ser influenciador e uma mídia medíocre, que não informa e não agrega. E pode ter certeza: não é só a marca que vai ganhar relevância com uma ação estratégica assim. O influenciador se diferenciará.

Ah, e depois de postar, não deixe de comentar  e responder aos seguidores, ok? Porque certamente eles vão gostar e se engajar. 

DAMARIS LAGO – JORNALISTA E DIRETORA PRESIDENTE DA ATITUDECOM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s