Relações Públicas: Cinco filmes em que a profissão aparece em destaque

A função do profissional de Relações Públicas é construir, preservar e promover a boa imagem de pessoas, marcas e instituições. Por meio do relacionamento, estratégias e projetos de comunicação e assessoria de imprensa, transmite valores e constrói reputação e pontes com os públicos. O poder do Relações Públicas é fascinante, e por conta disso, frequentemente ganha personagens interessante no cinema. Conheça alguns filmes para se inspirar na profissão:

Sweet Smell of Success / A Embriaguez do Sucesso (1957)

Drama norte-americano de 1957, que em 1993 foi selecionado pela Biblioteca do Congresso para fazer parte do Registro Nacional de Cinema dos Estados Unidos, para ser preservado, considerado “culturalmente, historicamente e esteticamente significativo”. JJ Hunsecker (Burt Lancaster) é um influente colunista de Nova York. Sidney Falco (Tony Curtis) é um inescrupuloso assessor de imprensa disposto a tudo para alavancar sua carreira. Determinado a impedir que sua irmã se case com o músico Dallas, Hunsecker convence o bajulador Falco a destruir o relacionamento da jovem. Somos levados numa trama repleta de ambição, soberba, chantagens, cinismo e pessoas desprezíveis que almejam o sucesso a qualquer custo sem se importar com as consequências. Um filme atemporal com uma fotografia belíssima de James Wong Howe.

Jerry Maguire: A Grande Virada (1996)

Estrelado por Tom Cruise, Cuba Gooding Jr. e Renée Zellweger, o filme foi inspirado no agente esportivo Leigh Steinberg. Comédia romântica que conta a história de Jerry Maguire, um agente que cai em desgraça e que acaba por manter apenas um cliente, um famoso e problemático jogador de futebol. Através desta relação, o filme discute aspectos como amizadesolidariedade e capacidade de mudar. De uma forma geral, o filme aborda uma das principais problemáticas da sociedade, a procura pelo poder e pelo dinheiro. No entanto existe também uma ação paralela que é considerada um amor típico de Hollywood. O filme recebeu muitas críticas positivas sobre os atores e roteiro. Foi premiado com o Oscar e um Screen Actors Guild Awards para Cuba Gooding Jr. (Melhor Ator Coadjuvante) e o Globo de Ouro para Tom Cruise (Melhor Ator). Foi sucesso de bilheteria arrecadando mais de 270 milhões de dólares em todo o mundo.

Wag the Dog / Mera Coincidência (1997)

Comédiabaseadano livro American Hero estrelada por Dustin Hoffman (produtor de Hollywood) e Robert DeNiro (assessor do presidente dos Estados Unidos). O filme mostra com clareza o poder do profissional de Relações Públicas em Washington. Cria-se uma falsa guerra na Albânia para desviar a atenção do público sobre o escândalo sexual envolvendo o presidente às vésperas de sua reeleição. Um belo exemplo de gerenciamento de crise, embora não seja moralmente aceito ou justificável.

Primary Colors / Segredos do Poder (1998)

O filme é vagamente baseado na carreira de Bill Clinton e no livro Primary Colors, um relato detalhado e cheio de nuances das eleições de 1992 à presidência. O personagem central John Stanton John Travolta) é governador de um estado no Sul dos EUA e decide ser candidato à Presidência da República. Ele dispõe de uma grande equipe de especialistas e estrategistas políticos que tentam manter a imagem do candidato sempre em alta e abafar escândalos sexuais. Em Segredos do Poder há sempre, a cada momento, a preocupação de mostrar que os assessores do candidato querem saber o fundo, a verdade – será que Stanton é de fato honesto, correto?

Thank You for Smoking / Obrigado por Fumar (2005)

Inspirado no romance de Christopher Buckley publicado em 1994, o filme mostra os esforços de Nick Nailor (Aaron Eckhart) ganhando a vida como porta voz de uma grande indústria de tabaco dos Estados Unidos durante a década de 1990. O profissional de Relações Públicas aparece em situações desafiadoras, onde organiza estratégias e ações para defender o que parece ser indefensável: o cigarro. A trama mostra como um discurso pode ser convincente a ponto de influenciar a opinião pública. Utiliza o conflito moral, a habilidade de contornar os problemas, mascarar a verdade e o poder de persuasão em momentos de crise. O filme termina com uma frase marcante: “Michael Jordan joga a bola. Charles Manson mata pessoas. Eu falo. Todo mundo tem um talento”.

Como um bônus, apresentamos duas séries de sucesso onde os profissionais de Relações Públicas têm presença marcante!

Scandal (2012)

Idealizada por Shonda Rhimes, a série aborda gerenciamento de crise e imagem, relacionamento com a imprensa e assessoria de comunicação. Scandal mostra a história da personagem Olivia Pope (Kerry Washington), uma ex-funcionária da Casa Branca e fundadora da Pope & Associates, uma agência de gerenciamento de crise. A personagem é inspirada na ex-assessora de impresa do governo de George H. W. Bush, Judy Smith.

Lilian Selerges – Gerente de Novos Projetos

Um comentário em “Relações Públicas: Cinco filmes em que a profissão aparece em destaque

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s